Hora local: 12:03
logotipo
Você está aqui: Página inicial

SERÃO DE JANEIRAS COM A MAIOR PARTICIPAÇÃO DE SEMPRE

2017/01/30

A tradição do Encontro Concelhio de Cantadores de Janeiras a "fechar" o mês, no Mosteiro de Santo André de Ancede, está a ficar cada vez melhor com o passar do tempo. No dia 28 realizou-se a 15ª edição do evento, com casa cheia e com a participação de 17 grupos de todo o concelho (a maior de sempre).

A CAMINHO DO MOSTEIRO

As gargantas e os instrumentos começaram a afinar-se ao cair da noite, na sede da União de Freguesias de Ancede e Ribadouro, onde se deu a concentração dos grupos vindos de todo o concelho. Daí partiram, rumo ao Mosteiro de Santo André, ensaiando os cantares, num desfile conduzido por elementos da GNR e encabeçado por três Reis Magos a Cavalo (participação do Centro Hípico de Baião).

TRANSMITIR A TRADIÇÃO AOS MAIS JOVENS

Uma vez no mosteiro, houve um churrasco para todos os participantes, antes de começarem os cantares que se prolongaram até depois da meia-noite.

A organização conjunta da União de Freguesias de Ancede e Ribadouro e da Câmara Municipal de Baião foi louvada pelo presidente daquela união de freguesias pelo "grande significado" que o cantar das janeiras tem. "Ao longo de mais de 20 anos pude partilhar com grupos da freguesia esta tradição, indo de casa em casa e de amigo em amigo. É um prazer ver que esta tradição continua viva nas nossas comunidades", observou Daniel Guedes.

De facto, tanto entre a plateia como no seio dos grupos participantes, a mistura de gerações era notória, com os mais novos a emprestarem o seu entusiasmo e energia no cantar das janeiras.

O presidente da Assembleia Municipal, José Pinho Silva disse que na atualidade as janeiras celebram-se de forma mais "sofisticada e organizada", mas que o entusiasmo e a alegria de sempre mantêm-se.

As últimas palavras couberam ao presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, que se manifestou orgulhoso por ver uma casa cheia para aquele evento. "Hoje poderíamos ter outros motivos para ficar em casa, no conforto do lar, junto da família. Mas a verdade é que aqui também estamos em família. Junto dos nossos conterrâneos e com a alegria e amizade que caracteriza os baionenses", referiu.

Marcaram ainda presença no evento a vice-presidente da Câmara Municipal de Baião Ivone Abreu e os vereadores José Lima, Henrique Gaspar e Anabela Cardoso, bem como membros da Assembleia Municipal e autarcas de diversas freguesias.

GRUPOS FIZERAM A FESTA

A noite onde a animação e o convívio foram as notas dominantes contou com a participação dos seguintes grupos:
- Associação de Concertinas do Lameirão
- Associação de Concertinas e Bombos de S. Tiago de Queimada
- Associação Danças e Cantares de Gestaçô
- Associação Desportiva de Ancede
- Associação Os Alegrinhos
- Banda Marcial de Ancede
- Escola de Música e Centro de Estudo Movimentos e Variações
- Escola de Música da Casa do Povo de Campelo
- Grupo de Adolescentes da Paróquia de Ancede
- Grupo Foles e Cantares
- Grupo da Paróquia de Tresouras
- Grupo Santo André
- Grupo "Viver a Vida" - CLDS
- Rancho Folclórico "As Ceifeiras de Valadares"
- Rancho Folclórico "As Cesteiras de Frende"
- Rancho Folclórico de Ancede
- Rancho Folclórico de Baião

Outras notícias