Hora local: 01:47
logotipo
Você está aqui: Página inicial

O AROMA DA POESIA E DAS ÁRVORES PERFUMOU A BIBLIOTECA MUNICIPAL

2017/03/24

A 21 de março celebrou-se o Dia da Árvore e da Poesia na Biblioteca Municipal de Baião. Em duas sessões no período da tarde os participantes louvaram o ambiente e a cultura, aspetos tão importantes na nossa vida.

"Era uma vez uma Árvore", foi o mote para estas sessões que contaram com a participação dos poetas baionenses Carlos Azevedo e Sandra Pinto, da técnica do Gabinete Florestal de Baião, Luciana Pinto, de uma turma do 10º ano da Escola Secundária de Baião e de cidadãos baionenses de várias idades.

Para além de uma resenha histórica sobre o Dia Mundial da Árvore, que permitiu descobrir, entre outros aspetos, que a data começou a ser assinalada no século XIX no estado do Nebraska (Estados Unidos da América) e que em Portugal assumiu a forma da Festa da Árvore entre 1907 e 1917 - com uma interrupção até finais da década de 1960, altura em que imperava no país o Estado Novo.

O momento poético chegou pelas mãos dos participantes, que declamaram poemas de Eugénio de Andrade, Florbela Espanca, Teixeira de Pascoaes, Joaquim Pessoa, Agostinho Neto, Viriato da Cruz, Albino Matos, Augusto Pinto, Armindo Loureiro, Luísa Ducla Soares, Maria Antonieta Santos e dos presentes Sandra Pinto e Carlos Azevedo, nos quais estava presente, muitas das vezes, a influência da natureza e de outros elementos associados ao ambiente.

Outras notícias